Bioestimuladores de colágeno: plus na poupança

Uma alternativa para que você comece a trabalhar na sua poupança de colágeno são os bioestimuladores de colágeno. Eles funcionam da seguinte maneira: uma substância é injetada na pele (derme profunda ou subcutâneo superficial), ativando a síntese da proteína. Os ativos são biodegradáveis e desaparecem com o tempo, oferecendo importante impacto ao restaurar a estrutura da pele de forma gradual.

Por exemplo,  Sculptra®. Ele se utiliza de micropartículas de ácido poli-L-lático (PLLA) e, aos poucos, substitui o suporte estrutural que foi perdido. Mas os resultados alcançados não param por aí: ele também consegue colaborar com uma pele mais firme, saudável, bonita e com o aspecto mais jovem. Seus efeitos podem chegar a durar dois anos.

Para alcançar os resultados esperados, são necessárias em média três sessões de tratamento, mas o número de sessões pode variar de acordo com a necessidade de cada paciente.

“A principal indicação para o tratamento é a flacidez e as consequências dessa flacidez. Mas é importante destacar as contraindicações: doenças autoimunes, infecções locais, gravidez e reação alérgica ao ácido poli-L-latico”

Outro exemplo, Radiesse®. É uma substância injetável que combina um gel com minúsculas microesferas de cálcio chamadas hidroxiapatita de cálcio, que é estruturalmente semelhante ao que é encontrado nos ossos e dentes. 

Como o Sculptra, o Radiesse é um bioestimulador que ativa os fibroblastos para estimular a produção de colágeno, por meio de um processo inflamatório subclínico. Por meio dele, as partículas de cálcio ficam embutidas na pele e agem como uma estrutura que promove o crescimento de novos tecidos circundantes.

bioestimuladores

(11) 98334-0816 / 97760-0187

Rua Dr. Guilherme Bannitz, 90 Sala 24 Vila Nova Conceição, São Paulo - SP

Feito por Adrianna Mianni Centro de Estética Avançada Integrativa Ltda 

@Todos os direitos reservados.